Direitos de Imagens

Direitos de Imagens
(Imagens exibidas de origem do google)

sábado, 28 de dezembro de 2013

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Saudade :Acrósticos



S- Saudades eu sinto
A- amizade querida

U- união de dois seres
D- de outras vidas
A- ausência sempre sentida
D- doída como ferida

E -espeta meu coração causando amargura e dor.
S-se eu soubesse eu não
sofreria de tanto amargor...

Celia Macedo



Acróstico

Saudades de Amar




Saudade menina moça
Que faz o coração doer
Saudade e coisa triste
Que me lembra do amor por você
*
Saudade é uma palavra singela
Doe no peito dos poetas
Que a saúda em prosa e verso
A saudade teima em ficar
*
Que nos esquecemos de amar
O amor envolvente de um coração
Sente e pressente uma grande paixão

Paixão que dar luz e felicidade
A minha razão de viver
Ilumina os caminhos do poeta e... De meu Amor por você!

Mary Cely: Célia Macedo
Imagem do google

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Todas as Vidas




Vive dentro de mim
uma cabocla velha
de mau-olhado,
acocorada ao pé
do borralho,
olhando para o fogo.
Benze quebranto.
Bota feitiço…
Ogum. Orixá.
Macumba, terreiro.
Ogã, pai-de-santo…
Vive dentro de mim
a lavadeira
do Rio Vermelho.
Seu cheiro gostoso
d’água e sabão.
Rodilha de pano.
Trouxa de roupa,
pedra de anil.
Sua coroa verde
de São-caetano.
Vive dentro de mim
a mulher cozinheira.
Pimenta e cebola.
Quitute bem feito.
Panela de barro.
Taipa de lenha.
Cozinha antiga
toda pretinha.
Bem cacheada de picumã.
Pedra pontuda.
Cumbuco de coco.
Pisando alho-sal.
Vive dentro de mim
a mulher do povo.
Bem proletária.
Bem linguaruda,
desabusada,
sem preconceitos,
de casca-grossa,
de chinelinha,
e filharada.
Vive dentro de mim
a mulher roceira.
-Enxerto de terra,
Trabalhadeira.
Madrugadeira.
Analfabeta.
De pé no chão.
Bem parideira.
Bem criadeira.
Seus doze filhos,
Seus vinte netos.
Vive dentro de mim
a mulher da vida.
Minha irmãzinha…
tão desprezada,
tão murmurada…
Fingindo ser alegre
seu triste fado.
Todas as vidas
dentro de mim:
Na minha vida -
a vida mera
das obscuras!

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Liberdade







Existe uma liberdade que não podemos ver! 

Mas quando a alcançamos dentro de nós,
tem o poder de nos tornar pessoas melhores ou piores, 

tudo depende do que fazemos quando ela diz: 'Permita-se'!


(Juliane Mariah)

http://julianemariah.blogspot.com.br/

sábado, 30 de novembro de 2013

Cora Coralina

O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. 
Caminhando e semeando, no fim terás o que colher.





O saber a gente aprende com os mestres e os livros.
 A sabedoria, se aprende é com a vida e com os humildes.


Todos estamos matriculados
na escola da vida, 
onde o mestre é o tempo.
Cora Coralina

sábado, 23 de novembro de 2013

Emily Dickinson

“Se eu puder aliviar o sofrimento de uma vida, ou se conseguir ajudar um passarinho que está fraco a encontrar o ninho... A vida terá valido a pena.” 


“A palavra morre no momento em que é proferida - dizem alguns. Eu digo que ela começa a viver naquele momento.” 
―Emily Dickinson
Frases - http://kdfrases.com


quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Você não está só...




Você não está só...
O ser pleno de Deus nunca está só. Nunca atravessará sozinho suas tempestades, sem que haja uma Mão a lhe guiar em meio aos torturantes trovões e vendavais...nunca será consumido pelo fogo das provações, ou engolido pelas fortes ondas do medo...
Não, o ser pleno de Deus não é nenhum super herói...não tem uma casca indestrutível, mas tem em si algo que é. A fé. A fé que o agiganta...que o fortalece em coragens impensáveis...a certeza única de que está constantemente sob o olhar cuidadoso, de um Pai tremendo...de inigualável Amor.
E o que é um ser PLENO DE DEUS? 

É aquele que se entrega...e isso lhe basta...
Gi Stadnicki. 

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Soneto de Maio







Suavemente Maio se insinua 
Por entre os véus de Abril, o mês cruel 
E lava o ar de anil, alegra a rua 
Alumbra os astros e aproxima o céu.
Até a lua, a casta e branca lua 
Esquecido o pudor, baixa o dossel 
E em seu leito de plumas fica nua 
A destilar seu luminoso mel.
Raia a aurora tão tímida e tão fragil 
Que através do seu corpo tranparente 
Dir-se-ia poder-se ver o rosto
Carregado de inveja e de presságio 
Dos irmãos Junho e Julho, friamente 
Preparando as catástrofes de Agosto...


Vinícius de Moraes

http://marciamensagem.blogspot.com.br/2012/05/soneto-de-maio-vinicius-de-moraes.html

Gi Stadnicki






"Se é para transformar, começa contigo mesmo.
Se é para falar, que seja para bendizer...
Se é para sentir, por favor, que seja com a alma...
E ao te expressares, atenta para que tua verdade tenha como base o respeito, a generosa oferta de mãos perfumadas de desapegos...não precisamos mais de palavras vazias, o mundo está corroído delas...
Precisamos de contato, de irmãos. Se é para viver, que seja em união...
Se é para nos aproximarmos de alguém...que seja sem máscara, que seja de cara, e ego lavados...
E de mãos postas, reverentemente, te curva...porque se for para ser amado, que seja em graça...
Porque se o amor acontece...
É porque Deus desce, e caminha na mesma estrada conosco. "

Gi Stadnicki

A bagagem de cada um







Quando sua vida começa, você tem apenas uma mala pequenina de mão...
À medida que os anos vão passando, a bagagem vai aumentando porque existem muitas coisas que você recolhe pelo caminho, coisas que você pensa que são importantes...
A um determinado ponto do caminho, começa a ficar insuportável carregar tantas coisas; pesa demais...
Então, você pode escolher: Ficar sentado a beira do caminho, esperando que alguém o ajude, o que é difícil, pois todos que passarem por ali já terão sua própria bagagem...
Você pode ficar a vida inteira esperando, até que seus dias acabem, ou pode aliviar o peso, esvaziar a mala.Mas, o que tirar?
Você começa tirando tudo para fora...
Veja o que tem dentro:Amor, amizade... Pôxa! Tem algo pesado... Você faz força para tirar...Era a raiva - como ela pesa! Aí, você começa a tirar, tirar e aparecem a incompreensão, o medo, o pessimismo...
Nesse momento, o desânimo quase te puxa pra dentro da mala.
Mas você puxa-o para fora com toda a força e, no fundo, aparece um sorriso, sufocado no fundo da bagagem...Pula para fora outro sorriso e mais outro. E aí, sai a felicidade...
Então, você coloca as mãos dentro da mala de novo e tira pra fora a tristeza...
Agora, você vai ter que procurar a paciência dentro da mala, pois vai precisar bastante...
Procure então o resto: força, esperança, coragem, entusiasmo, equilíbrio, responsabilidade, tolerância e o bom e velho humor.
Tire a preocupação também.Deixe-a de lado. Depois, você pensa o que fazer com ela...
Bem, sua bagagem está pronta para ser arrumada de novo.
Mas, pense bem o que vai colocar lá dentro de novo, hein?Agora, é com você!
E não se esqueça de fazer isso mais vezes,Pois o caminho é muito longo...
Alcione Wiggers


http://marciamensagem.blogspot.com.br



sábado, 19 de outubro de 2013

Emily Dickinson






“Não sei quando virá o amanhecer, por isso abro todas as portas.” 

―Emily Dickinson

Frases - http://kdfrases.com

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

E ai...Copiou?




“A esperança tem duas filhas lindas, a indignação e a coragem; a indignação nos ensina a não aceitar as coisas como estão; a coragem, a mudá-las.”
[Agostinho]

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Saudades de Você






Saudades que aperta meu peito
E um doer que machuca meu coração
Deixando-me sem fôlego
Faz pouco tempo
Que me deixaste, mas...
Parece uma eternidade
Ah... Meu Amor como sinto sua ausência
Meu coração não quer aceitar
Esta falta que aniquila
Minhas forças
Deixando-me triste
Meu coração e tua morada
Volte... Amor venha matar esta dor no peito
Meu amor onde estiveres sinta
Meu amor por você
Soltarei ao vento minhas palavras
Minha saudade hei de encontrar-te
Onde estiveres... E assim
Prenderei-te em meus abraços
Para nunca mais soltar
Meu amor... Minha vida


Mary Cely
Imagem do google

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Sirlei L. Passolongo








" Deixa-me pousar com toque suave de paz é um desejo meu... Fazer sorrir seu coração." 

{Sirlei L. Passolongo}

Cora Coralina




Fechei os olhos e pedi um favor ao vento: - Leve tudo que for desnecessário.
Ando cansada de bagagens pesadas...
Daqui para frente apenas o que couber no bolso e no coração.❞ 
- Cora Coralina

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

O que realmente importa?




Hoje me lembrei de um conto que eu li por acaso quando tinha pouco mais de 15 anos... depois disto nunca mais o reli ou reencontrei. Marcou-me tanto que ficou em minha memória. Já contei para diversas pessoas ... e resolvi publicar aqui no blog.

É uma estória especial e antiga. Nos traz uma reflexão sobre uma opção de vida que na maioria das vezes negligenciamos. O que vou recontar aqui se trata apenas de uma versão com as nuances de minha lembrança e imaginação. Não se trata de uma cópia.
Trata-se do que realmente importa...

Existia um reino muito, muito longe nos confins da China antiga. Lá reinava um homem muito sábio e querido pelo seu povo. Já velho, veio a falecer. Assumiu o trono seu filho. Homem de personalidade forte e egoísta, o novo rei Qin.
O tempo passou e ele percebeu que tinha o poder, a vida e a morte daquelas pessoas em suas mãos, era temido! porém não tinha o amor, nem a admiração do seu povo. Isto o amargurava e o deixava muito triste, principalmente porque ele naturalmente se comparava ao seu pai.
O tempo passou e aquela situação se acomodou como um pântano após uma tempestade. Ficaram marcas, mas elas já não eram percebidas.

Aquele jovem príncipe tornara-se um rei doente e sozinho. Locomovia-se com dificuldade. Buscava uma cura ou um lenitivo que pudesse tornar sua vida mais fácil e prazerosa. Trazia curandeiros e especialistas de todos os confins. Tinha muita riqueza. Tinha pouco amor. Tinha muito luxo. Tinha pouca esperança.
Muitos vieram na tentativa de ajudá-lo. Nada conseguiam, Até que um dia, um forasteiro o procurou e disse que a muitas montanhas dali, a muitas luas de viagem ele iria encontrar um eremita, um sábio que poderia ajudá-lo.

Como não tinha conseguido nenhum sucesso com os seus, resolveu arriscar, montou uma caravana e viajaram por longos dias atravessando o deserto de Gobi e as montanhas do Himalaia.

Chegando ao local indicado, o rei cansado e doente veio ter um encontro com o eremita que fazia sua refeição e o convidara a compartilhar. Comia um pedaço de carne de ovelha assada. O rei Qin assustado, perguntou:

- Mestre, estou admirado ao vê-lo comendo carne. Sábios não se alimentam apenas de raízes e folhas?

- Meu filho, todo o mal é o que sai pela boca do homem. Contenta-te com o que te é oferecido por Deus e pelos seus.

Envergonhado, sentou-se a mesa e serviu-se junto ao sábio. Conversaram demoradamente sobre suas angústias. Acabava de conhecer o mestre Lao.
Passados 2 dias, o rei Qin estava ansioso por conseguir uma cura miraculosa, um chá, uma erva poderosa, mas o sábio apenas disse que a sua cura estava condicionada e ele responder corretamente a 3 perguntas que o faria, caso acertasse teria encontrado a cura.

O rei Qin, obcecado por conseguir esta cura, reuniu todos os seus assessores e encontrou-se com o sábio Lao. Então o sábio disse:

- Meu filho não tente encontrar as respostas. As respostas o encontrarão, mas somente a meditação e o autoconhecimento farão com que isto aconteça. Depois que tiver as 3 perguntas, parta de volta a seu reino. Se algum dia tiver a certeza que as respostas encontraram você, retorne para celebramos juntos.

- Mestre, viajei muitas luas para receber esta cura? Estais zombando de mim? Não posso acreditar que atravessei desertos e montanhas para isto.

E o mestre disse:

- As perguntas são:

Qual o momento mais importante de sua vida?
Qual a pessoa mais importante de sua vida?
Qual a coisa mais importante a ser feita na sua vida?

Após passar as 3 perguntas o mestre desapareceu entre as árvores e não foi mais encontrado.

Desesperado e sentindo-se enganado, o rei Qin partiu com raiva. Mas algo fora plantado na sua mente que não conseguia deixar de pensar.

Que diabos era esta coisa do mais importante? Seria fácil responder ali mesmo! Além do mais havia trazido consigo alguns dos seus melhores assessores e conselheiros.

Voltou ao seu reino e começou a perceber a importância de outras coisas que nunca houvera prestado atenção. Coisas pequenas, pessoas distantes.

Muito tempo passou e o rei Qin se voltou para ajudar o seu povo. Espelhava-se mais na memória do seu querido pai.

Depois de anos sua doença já não era algo que o perturbava, mas não conseguia esquecer o sábio Lao e suas 3 perguntas... algum dia, uma luz caíra sobre ele e entendeu que as respostas o haviam encontrado...

Voltou ao encontro do Mestre Lao, numa viagem muito mais prazerosa...

Ao reencontrá-lo, o mestre o recebeu sorrindo .

- Esperava que retornasse muito antes.

O rei Qin respondeu,

- Mestre, o importante é que realmente me curei e minha vida mudou.

- Então, qual o momento mais importante de sua vida?

- O aqui, o agora, este exato momento!Falou no momento exato que lágrimas rolavam no seu rosto. E continuou ...

- O agora é o mais importante, pois é como cada lágrima que cai dos meus olhos, nunca mais irão voltar a eles e voltar a cair.

O mestre Lao sorrindo assentiu e pediu que continuasse.

- A pessoa mais importante é aquela que esta no meu momento mais importante. Portanto aqui e agora é você mestre. Devemos ter sempre em mente que as pessoas que nos cercam são as mais importantes.

O mestre Lao muito feliz disse:

- Quando chegou aqui, cheguei a duvidar que atingisse tal conhecimento, mas talvez não consiga acertar a terceira. Disse emocionado.

O rei continuou ...

- A coisa mais importante a fazer é trazer mais alegria, felicidade, paz e amor para a pessoa mais importante de sua vida. Acredito que estando aqui e agora, estou me transformando e trazendo de volta a ti os frutos das sementes que me entregou.

Abraçados, seguiram juntos e foram festejar aquele momento especial que nunca mais seria esquecido.

Fonte do Texto e Imagens:
http://princecristal.blogspot.com.br/2013/09/o-que-realmente-importa.html

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Viver de aparências





Viver de aparências e ser feliz não combinam em nada!
Ocultar a verdade, vestir uma fantasia tosca de um alguém que não somos, ostentar um personagem, pretendendo impor uma imagem construída em vaidade...tudo isso é doentio. 
Tudo isso atrasa nosso desenvolvimento, nossa maturidade, e acumula cargas pesadas sobre nós.
 Da mesma forma, querer sempre passar uma imagem de santidade, superioridade, infalibilidade...é simplesmente afirmar o quanto nossa personalidade é rasa...desalicerçada...confusa.
O fim de tudo isso é o vazio. 
A dor de nada ser...o buraco na alma que só tende a crescer...porque nunca foi preenchido com amor próprio, virou morada de fantasmas: orgulho, obsessão, superficialidade, egoísmo...a lista de sinônimos é grande...sinônimos de infelicidade.



Gi Stadnicki.  http://caminhodeluz.net/

domingo, 22 de setembro de 2013

Sentimentos





Para cada ofensa que você sofrer, ofereça ao mundo uma delicadeza...seja sempre um filtro, transformando em benção, o que geralmente é recebido como agressão. 
Filtro de pétala, de asinha de borboleta...

Gi Stadnicki

Fonte:http://imperatrizsentimentos.blogspot.com.br/2013/06/gi-stadnicki.html

domingo, 8 de setembro de 2013

Alma Ferida









Eis que os dias se passam e meus cabelos cada dia ficam mais brancos. Existe uma magoa que me machuca e me faz sofrer.
Fico remoendo e isto me impede de sorrir para a vida que me espera lá fora.
Culpa?
Talvez!
Sei que há um grande sentimento guardado dentro do meu coração.
Há tanta coisa que não foi devidamente esclarecida que o estrago foi bem maior do que imaginei. Nada de forma alguma foi planejado , isto é  foram ocorrendo de forma espontâneas Daí as ações danosas foram fatais.
As emoções sentidas deixavam-me cega para a realidade cruel da vida. Coisas e fatos.
Que me envolviam em um turbilhão de emoções. Procurei de mil maneiras explicar-me, mas não foi possível.
Fugiste de mim como uma serelepe foge de um caçador algoz.
Eu não gosto de fazer estragos de forma alguma...
Mas eu fechei meu peito para que ninguém visse meu lado sóbrio e triste.
E fico no limbo da saudade esperando um dia Deus tocar seu coração e você me procurar.
Estarei de braços abertos.
Não suporto saber que ainda guarda rancor de mim.
Preciso muito de paciência para sobrepor as minhas energias para seguir em frente.
Perdoe-me... "Alma de minha Alma".


Feira de Santana. 08 de setembro de 2013.Bahia Brasil

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Seja Puro





Seja puro...não com uma falsa virtude,maquiada pela vaidade...mas puro como criança,humilde,que sente algo de bom,mesmo quando mais ninguém é capaz.
 Puro como quem não se envergonha de amar,nem de gostar do que é simples,do que não tem glamour nenhum...puro,como quem desperta carinho,cuidado...respeito.
 Pureza espiritual,sem cartilha.



 Gi Stadnicki


http://rogeriabreves.blogspot.com.br/2013/05/seja-puronao-com-uma-falsa.html

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

―Clarice Lispector Frases




Sorrisos e abraços espontâneos me emocionam.
 Palavras até me conquistam temporariamente.
 Mas atitudes me ganham para sempre.” 


―Clarice Lispector



Frases - http://kdfrases.com

CLARICE LISPECTOR













EU NÃO SOU UMA SONHADORA. SÓ DEVANEIO PARA ALCANÇAR A REALIDADE.” 






(Clarice Lispector)

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Acredita "Gi Stadnicki. 3 "









Acredite que existe dentro de ti,uma luz tão grande que pode transformar o teu olhar,o teu modo de ver o mundo.
 Uma luz,límpida e inconfundível,chamada amor.
 Nunca duvide dos sinais dela,quando se pegar sorrindo,encantada com um raio de sol,um canto de pássaro,ao se ver envolvida,sensibilizada,com a realidade ao teu redor.

Gi Stadnicki.

http://imagenstrolladas.blogspot.com.br/2013/05/gi-stadnicki.html

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Dolce Bárbara







Preciso parar de te olhar...
Ousar em não demonstrar tanto o meu amor...
Incansavelmente te amo todos os dias e, 
ás vezes sinto-me toda boba, 
por tanto te querer...

Dolce Bárbara

http://tsunamidesentimentos.blogspot.com.br/

Vida e dois lados








Tudo nesta vida tem dois lados, 
um doce e outro amargo... 
Nossa missão é aprender, 
em todas as situações, 
aproveitar bem o doce para termos condições 
de engolir o amargo... 
Infelizmente, algumas pessoas 
ignoram a doçura, 
se deixando render à amargura... 
Cuidado com isto!... 
Se desperdiçarmos as coisas boas da vida, 
as ruins tomarão o lugar destas...
 E teremos escolhido 
a infelicidade...

 Gi Stadnicki 

http://tsunamidesentimentos.blogspot.com.br/2013/02/tudo-nesta-vida-tem-dois-lados-um-doce.html

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Desejos




"Desejo que nessa vida você tenha tempo para o amor, 

pois o resto nos mata aos poucos, o amor nos faz 


viver." 














Pe:Fabio de Melo

sábado, 24 de agosto de 2013

Gi-stadnicki





A vida é assim, cheia de nuances...dias de sol na alma,e dias de tempestades no coração...dias que queremos abraçar todos na rua, e dias que só o escuro da solidão faz sentido.
Assim é a alma.
Mas o que realmente importa é sabermos que temos esperança,que as dores passam, que o sorriso volta, que o rosa não precisa virar cinza sempre.
Graças a Deus viver é assim, montanha russa mesmo, bom pra gente se amoldar, e aprender que o equilíbrio vale cada segundo da busca.



http://margodechapeu.blogspot.com.br/2013/06/gi-stadnicki.html

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Esse texto fala por mim...





Coloquei uma música que eu ouvi muito há um tempo atrás, depois de uma decepção, dessas que derrubam e a gente nem sente vontade de levantar. E aí, quase pude sentir toda aquela dor outra vez.
E lembrei que um dia um tal moço me disse: nunca mais fale de amor, você não sabe amar. E que doeu ouvir. Mas hoje eu percebo que, de alguma forma, ele estava certo. E que o amor que ele conhecia, era realmente bem diferente do meu.
Difícil explicar dor de amor. Dessas que a gente sente uma vontade imensa de voltar no tempo, e seguir outro caminho, só pra não ter que passar tudo aquilo.
E lembrar da intuição mandando mudar o rumo, e o coração pedindo pra deixar acontecer 'só mais um pouquinho'.
E eu, que nunca soube entrar nas coisas pela metade, amar com moderação, manter os pés no chão, acho que agora aprendi. Acho que, hoje, o medo esmagou um pouco aquela inocência de acreditar em 'felizes para sempre', 'amor da minha vida', mas sem desacreditar no amor.
Por algum tempo eu fiquei me perguntando quais as razões que levam uma pessoa a viver uma história de mentira, a fingir que ama, a fazer promessas sabendo que não vai cumprir. Sei lá se as pessoas mentem, ou se enganam.
Sei lá se é por maldade. Sei lá.
O passado passou. Mas não é bonito lembrar. Não é bom puxar na memória os momentos bonitos, porque, inevitavelmente, os feios vêm junto.
Então virou aprendizado, e só. Principalmente, do que não fazer. Do que não quero em um homem. Do que eu dispenso no amor. Do que (na minha opinião) não deve existir em uma relação.
E, embora seja clichê, uma das maiores certezas que tenho, é que quase tudo tem lado bom. Até os tombos, que me deixaram mais resistente as quedas.
Até as ausências, que me fizeram notar que posso viver sem determinadas
pessoas.
Até as partidas, de gente que trazia pra minha vida mais lágrimas do que sorrisos, e acabaram abrindo espaço pra gente bonita de alma entrar.
O que eu sei é que a dor ensina. Que do chão a gente - realmente - não passa.
Que um dia a gente levanta. Que dor de amor que acaba, pode ser transformada em esperança de dias mais bonitos, ao lado de quem sabe amar de verdade.
Hoje, eu tenho evitado alguns voos, por medo do tombo. Mas eu tenho certeza, que quando aparecer a pessoa certa, assim, com um jeito-torto-parecido-com-o-meu, eu vou criar coragem, e de mãos dadas com ela, vou encarar o salto.

Karla Tabalipa

http://bloglaricysantos.blogspot.com.br/2012/05/esse-texto-fala-por-mim.html

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Sobre o amor








Que fazes a meus olhos, tolo Amor, 
Que eles olham sem ver o que estão vendo? 
Sabem o que é beleza, aonde for, 
Mas que o melhor é mal ficam dizendo. 

Se os olhos corrompidos pelo afeto 
Prendem-se ao baio por todos montado, 
Por que fizeste ganchos com mentiras 
Aos quais meu pensamento fica atado? 

Por que meu coração julga ser seu 
O terreno que sabe ser de mil 
Ou contesta o que viu o olho meu 

Tentando tornar belo o rosto vil? 
No certo olhar e coração erraram 
E pro que é falso os dois se transportaram. 


Willian Shakespeare

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Saudades


Wendel Valadares












“[...] Alegria inventada não cura, não alivia, não salva.

O que melhora mesmo é a força que cresce dentro da

gente.

É a fé. É a certeza de que no tempo

 certo a alegria vem".

Wendel Valadares


Fazendo a diferença



A catadora de vidro 

Uma família de cinco pessoas estava passeando um dia na praia.
 As crianças estavam tomando banho de mar e fazendo castelos na areia, quando, ao longe, apareceu uma velhinha. Seu cabelo grisalho esvoaçava ao vento e suas roupas eram sujas e esfarrapadas.
 Resmungava qualquer coisa, enquanto apanhava coisas da praia e as colocava em um saco.
Os pais chamaram as crianças e lhes disseram para ficar longe da velha.
Quando esta passou, curvando-se de vez em quando para apanhar coisas, sorriu para a família, mas seu cumprimento não foi correspondido.
Muitas semanas mais tarde, souberam que a velhinha dedicara a vida ...à cruzada de apanhar caquinhos de vidro da praia para que as crianças não cortassem os pés.
 Em nossas vidas é assim...algumas pessoas passam a vida inteira nos protegendo sem que saibamos... por que não desejarmos ao menos um BOM DIA ou um OBRIGADO!
 Lembre-se: São as pequenas coisas que fazem toda a diferença. 

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Cáh Morandi









"Que não fosse nada, que não tivesse descompassado o coração, que não alterasse o destino do sangue que corria nas minhas veias, que não comprometesse minha expectativa, que passasse de leve, quase que imperceptível do meu lado. 
Mas você veio com tudo, suspirou e me roubou o ar, me tocou e tatuou toda a pele. 
Podia ser quase nada, podia ser só um rosto e um endereço, podia ser despercebido. 
Agora é o livro preferido da minha estante, meu nome predileto. 

[...] Te espero, ansiosa e atenta."

Cáh Morandi

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Fragmentos de uma paixão!





Pedaços esfacelados de um coração dolorido e sofridos pela magoa tristeza e dor. Eis um coração que anseia pelo amor de uma grande paixão.
Queria que meu coração não tivesse passado por tantas coisas no inteirar da vida.
Que meu coração soubesse a verdadeira dimensão do que é amar e ser amada.
Queria que fosse outra visão de vida, sem magoas sofrida sem ausência de beijos carinhos e chamegos.
Que na procura da alma gêmea só tivesse dois corações. Com desejo e forças para viver. Que o passado não interviesse no nosso cotidiano e que as lagrimas que desceram de nossos olhos tenham sido gotas de esperança e saudade
Apenas isto
Que a esperança do amor não vivido brote em nossos corações em forma de paixão.
Queria outra vida. Em outro tempo.
Sem vestígios de amargura nem sofrimentos e dor. Só... O Amor.
Que o tempo passado aniquilasse todas as reservas de solidão. Seja apenas o tempo de viver e amar.
O tempo vida é o tempo de amor.
O seu e o meu tempo da felicidade!



Mary Cely: Celia Macedo
Imagem do google
9/04/2010.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Amor em fragmentos






Acredite sempre no amor.
Não fomos feitos para a solidão
Ame com  ardor da paixão
Sinta em cada toque do seu corpo ,
O ritmo acelerado do meu coração
O amor é incondicional,
Doe...
Sinta...
Respire...
Ame...


Célia

domingo, 4 de agosto de 2013

Obrigado... Sempre obrigado !



Não esqueço de quem me estende a mão.


Minha memoria não é curta.

Jamais deixo passar batido o que fazem por mim.

Porque aprendi que ajudar o outro é bonito.

Mas ser grato é mais bonito ainda.


Obrigada..Obrigada!!!




Amores










Amamos e sentimos muitas emoções ... Amamos e nos tornamos loucos, ... é tudo... é certeza, é companhia é amizade, é paixão, é criança, é eterno.
Amor que nunca morre entre o céu e a terra sempre vou te amar!


Célia Macedo
Feira de Santana ,04 de agosto de 2013


Foto arquivo pessoal.
Meu Neto Henrique Macedo

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Cáh Morandi








"Penso no amor
e uma lembrança antiga
me traz o seu rosto.
Pela urgência do amor
esquecemos de vivê-lo
damos a ele um tempo
que não pode ser dado:
tempo irrecuperável,
intransferível.
Um coração não
pode ficar para outro dia,
outra hora, outra vida."


Cáh Morandi

Michelle Trevisani.











'' Não é fácil segurar a barra, conter a lágrima, ser forte o tempo todo. A fé às vezes escapa pelos dedos e os sonhos ficam para segundo plano. "
 Michelle Trevisani.



http://anne-simples-assim.blogspot.com.br/

Martin Luther King





"No final, não nos lembraremos das palavras dos nossos inimigos, mas do silêncio dos nossos amigos."
-Martin Luther King


http://anne-simples-assim.blogspot.com.br/

Web Otimismo

O dia lhe manda sorrir"








Transmitir emoções é tocar na alma da outra pessoa.. É proporcionar vida com latitude é soltar alegria e choro, é mostrar que a existência supera o dia-a-dia... É provocar atitudes desmedidas e pouco racionais...É indicar que entre o preto e o branco existe o arco-iris.
É dar a mão e sentir carinho.. É abraçar e sentir aconchego.

É adorar o Amor.

Postagens populares